Terça-feira, 21 de Setembro de 2021

Brasil
Publicada em 26/08/21 às 21:19h - 6850 visualizações
Bolsonaro diz que fará ‘pronunciamento mais demorado’ a apoiadores em 7 de setembro

Jornal Folha da Cidade


 (Foto: Jornal Folha da Cidade)

O presidente Jair Bolsonaro reafirmou, nesta quinta-feira, 26, que participará do protesto na Avenida Paulista, em São Paulo, convocado por apoiadores para o dia 7 de setembro. Em entrevista à Rádio Jornal Pernambuco, ele acrescentou que fará “um pronunciamento mais demorado” à população com o intuito de “dar uma mensagem de esperança e também mostrar para o mundo o quanto o povo está preocupado com o seu futuro”. “Pretendo, sim, participar do evento na (Avenida) Paulista, onde devo chegar por volta das 15h30. E aí, sim, em um pronunciamento mais demorado, falar com a população, dar uma mensagem de esperança e também mostrar para o mundo o quanto o povo está preocupado com o seu futuro”, disse o chefe do Executivo federal.

Na mesma entrevista, Bolsonaro criticou a decisão do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), de rejeitar o pedido de impeachment do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF). “Os Poderes são independentes, mas vou falar. Eu entrei com a ação com o intuito de que o processo fosse avante. O presidente do senado, o senhor Pacheco, entendeu e acolheu uma decisão da sua Advocacia-Geral do Senado. Agora, quando chegou uma ordem do ministro Barroso para abrir a CPI da Covid-19, ele mandou abrir e ponto final. Agiu de maneira diferente de como agiu no passado”, disse. “Eu lamento a posição do senhor Rodrigo Pacheco no dia de ontem, mas continuaremos aqui, no limite, dentro das quatro linhas, buscando garantir a liberdade ao nosso povo”, seguiu.

Em outro trecho da entrevista, o presidente afirmou que está “praticamente sozinho” em uma “briga”. “Nós sabemos, vocês sabem, que, nessa briga, estou praticamente sozinho nela. O senhor ministro Alexandre de Moraes simplesmente ignora a Constituição, desconhece e ignora vários incisos do artigo 5º da Constituição. Ele abriu o inquérito da fake news, que nem tá tipificado no Código Penal – no Código Penal não está escrito a palavra fake news – e simplesmente começa a investigar qualquer um. Prende, tira a liberdade de qualquer um, como aconteceu com o Roberto Jefferson, com jornalista [Oswaldo] Eustáquio, o [deputado] Daniel Silveira, presos com base em matérias que botaram nas redes sociais ou por causa de pronunciamentos”, disse.




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:


Enquete
Em quem você votaria para presidente do Brasil em 2022

 1) Jair Bolsonaro
 2) Lula
 3) João Dória
 4) Ciro Gomes
 5) Sergio Moro
 6) Luciano Hulk
 7) Mandeta

Publicidade Lateral






Garota da Edição
Ingrid Muracami
Cidade: Curitiba
(41)9 8481 9471

Pedido Musica

  • Luana
    Cidade: Piraquara
    Música: Ninguém explica Deus
  • Leandro da Silva
    Cidade: Pinhais
    Música: Alisson e Neide Sinceridade para toda minha familia
  • Marcela Fritz
    Cidade: Pinhais
    Música: Quero a musica Jó
  • Cristiano
    Cidade: Pinhais
    Música: Escudo
  • Patricia Puerta
    Cidade: Curitiba
    Música: Davi Sacer Lugar Santo dos SAntos...
  • Tony Silva
    Cidade: Brasil
    Música: Sunday Bloody Sunday
Bate Papo

Digite seu NOME:


Estatísticas
Visitas: 3459637811 Usuários Online: 209


Fan Page







Copyright (c) 2021 - Jornal Folha da Cidade - Todos os direitos reservados