Quarta-feira, 11 de Dezembro de 2019

Brasil
Publicada em 23/11/19 às 10:34h - 1603 visualizações
Como usar cúrcuma para dores

Jornal Folha da Cidade


 (Foto: Jornal Folha da Cidade)
Existem várias formas de incluir a cúrcuma na sua rotina alimentar. Mas para obter seus benefícios à saúde, todas as formas incluem manter um estilo de vida saudável com uma alimentação equilibrada, boas noites de sono, pausas para momentos de lazer e prática de atividade física frequente. Absolutamente tudo no seu dia a dia influencia nas dores que você sente ou na ausência delas, que é o grande objetivo.

Não é necessário usar a cúrcuma para dores como se fosse um remédio. Basta ir adicionando esse e outros temperos naturais em todas as suas refeições. Ou, pelo menos, naquelas em que esse ingrediente se encaixar, é claro. Ela também pode ser usada para temperar todos os tipos de receitas salgadas, então pode experimentar colocar um pouquinho no arroz, no molho, na lasanha, na sopa, na carne e afins.

Também, se quiser manter o consumo desse ingrediente além dos pratos principais, pode adiciona-la nas vitaminas, no mingau de aveia, na salada de frutas e onde mais quiser saber se gosta. Essa especiaria vai alterar o sabor de tudo onde for adicionada, então coloque aos poucos e vá provando.

Outros benefícios da cúrcuma

Como viu acima, aproveitar a cúrcuma para dores realmente faz sentido, pois esse alimento oferece ação antioxidante e anti-inflamatória para o tratamento da dor. Mas não é só isso. Também usa essas e outras propriedades para tratar de outros problemas de saúde.

Prevenção de câncer e doenças degenerativas

Por causa da ação antioxidante que coloca nas células doentes do corpo, a cúrcuma tem importante efeito na prevenção de muitos tipos de câncer e também de doenças degenerativas como Alzheimer e Parkinson. Ela ajuda a manter essas células em constante processo de rejuvenescimento.

Prevenção de artrite

A artrite é um processo inflamatório que acomete as articulações do corpo. Acontece principalmente em pessoas que estão com a saúde debilitada, seja por conta da idade, do sobrepeso que força as articulações ou doenças que impeçam de manter os movimentos naturais do corpo em uso constante.

Para prevenir esse tipo de problema, ela atua tanto com sua ação antioxidante, que vai ajudando a tratar as causas reais da inflamação; quanto como anti-inflamatório que vai tratando a inflamação localmente.

Melhora das funções cerebrais

Os ativos não só ajudam a prevenir doenças cerebrais, como o Alzheimer e o Parkinson, como também ajuda a melhorar a memória de quem não tem essas doenças. Para isso, reforçando, ela deve ser usada dentro de um plano alimentar equilibrado e um estilo de vida saudável, mantendo uma frequência de uso diário, ainda que em pequena quantidade.



ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:


Enquete
Qual dessas Redes Sociais você acessa?

 Instagram
 Youtube
 Facebook
 Twitter

Publicidade Lateral
Garota da Edição
Ingrid Muracami
Cidade: Curitiba
(41)9 8481 9471

Pedido Musica

  • Luana
    Cidade: Piraquara
    Música: Ninguém explica Deus
  • Leandro da Silva
    Cidade: Pinhais
    Música: Alisson e Neide Sinceridade para toda minha familia
  • Marcela Fritz
    Cidade: Pinhais
    Música: Quero a musica Jó
  • Cristiano
    Cidade: Pinhais
    Música: Escudo
  • Patricia Puerta
    Cidade: Curitiba
    Música: Davi Sacer Lugar Santo dos SAntos...
  • Tony Silva
    Cidade: Brasil
    Música: Sunday Bloody Sunday
Bate Papo

Digite seu NOME:


Estatísticas
Visitas: 2147483647 Usuários Online: 126


Fan Page

Parceiros




Copyright (c) 2019 - Jornal Folha da Cidade - Todos os direitos reservados